22/12/2016 - Política
Entrevista com a Deputada Telma Rufino



 Numa conversa franca, a Deputada Telma Rufino, fala com exclusividade para o Jornal de Águas Claras sobre suas atividades como parlamentar.

Por Vitor Bueno

 

1 – Primeiramente, gostaríamos de saber sobre a saúde da Deputada, que foi submetida a uma cirurgia de endometriose no início de novembro. Está tudo bem?

Deputada: Sim, felizmente estou me recuperando bem. Fui submetida a uma cirurgia para tratar de uma endometriose. Passei 15 dias afastada da CLDF, mas voltei com todo ânimo e vigor.

 

2 – Como presidente da Comissão de Assuntos Fundiários (CAF) do Distrito Federal, diga como estão os procedimentos e projetos que se encaminham nessa questão?

Deputada : A CAF esvaziou sua pauta em 2016. Foi um ano de grandes conquistas, conseguimos aprovar a Lei que regulariza os puxadinhos e, na última sessão do ano, o Projeto que regulariza as áreas rurais. As Leis foram construídas em consenso com a população e com o setor produtivo e acaba com uma espera de 8 anos (lei dos puxadinhos) e 50 anos (produtores rurais) de espera por essa regularização. Todos querem viver e trabalhar na legalidade e a regularização é a minha bandeira e com esse objetivo que presidi a CAF ao longo desses dois anos. Saldo muito positivo.

 

 

3 – Em relação as FEIRAS, representantes dos feirantes do Areal pedem apoio na instalação de uma feira definitiva. Isso deve mesmo acontecer? E quando?

Deputada: Sim e, recentemente, me reuni com os feirantes para tratar do assunto. Há duas situações, uma refere-se a feira livre do Areal, realizada na rua. Já estamos definindo um lugar e, também, a forma como essa feira será organizada. O ano deve começar com novidades. A outra refere-se a uma grande feira que pretendo construir no terreno entre Águas Claras, Arniqueira e Areal. Já destinei emendas para a realização do projeto e a feira contará com praça de alimentação, espaços para produtos naturais, vestuário, artesanato e cultura. Estou trabalhando para instalar a feira e um terminal de ônibus para garantir a circulação de pessoas e o sustento dos feirantes. É um projeto que dá dignidade aos comerciantes e a população.

 

4 – Ainda em relação ao AREAL, sabemos da sua luta para retirada de albergues em área residencial, como anda este projeto?

Deputada: Projeto aprovado. Apanhei muito por causa do projeto dos Albergues, mas não voltei atrás. O PL proíbe a instalação de albergues próximos a residências  e a escolas. Cria um perímetro de 2km para que seja instalado. Após sancionada, a Lei entra em vigor imediatamente e o Executivo tem 180 para remover o Albergue. Essa é, sem dúvida, a principal reivindicação da população do Areal e uma conquista muito importante. Que fique claro, não queremos excluir ninguém, queremos dar segurança a população do Areal. No local, queremos  construir uma escola de Ensino Médio e equipamentos públicos de saúde.

 

 

5 – CEB. Devido ao seu bom trânsito na Ceb, alertamos para o problema de outra área, a Região Administrativa do Lago Norte, pois basta chover que o Centro de Atividades (CAs) ficam sem energia. Você sabe de algum procedimento da CEB para o Lago Norte?

Deputada: Em 2016 enviei diversas emendas para obras em Arniqueira, Águas Claras, Areal e para o Setor Habitacional Tororó. Conseguimos realizar obras importantes nessas regiões, onde a população me procurou. A situação do Lago Norte chegou para mim na última semana de dezembro e sugiro uma reunião para vermos o que pode ser feito pela comunidade.

 

 

6 – O SINDIVAREJISTA do DF, está numa campanha para acabar com o comércio de feiras itinerantes pelo Distrito Federal (alegando que as feiras diminuem as vendas dos comerciantes locais). A senhora é a favor de medida tão radical ou tem outra ideia para o setor?

Deputada: Sou favorável a regularização. Acho que todos tem seu espaço e que é preciso definir onde cada um estará. Não é justo que o comerciante que recolhe impostos e paga alugueis caros tenha como concorrente alguém livre dessas taxações. Mas o feirante também precisa trabalhar. Os food trucks e ambulantes passam por situações semelhantes e, em Águas Claras, pedi a Administração Regional que fizesse um mapeamento e que os instalassem em pontos alternativos, onde haja circulação, mas que não esteja na porta do comercio formal, pois é uma concorrência desleal. Mas reafirmo, há espaço para todos e milhares de famílias vivem das feiras e não podem ser simplesmente banidas. Sou a favor de construir soluções por meio do diálogo, como fizemos na Lei dos Puxadinhos.

 

7 – Podemos dizer, que a senhora é a Deputada de Águas Claras? Devido que seus projetos, em sua maioria, estão em atender esta região do Distrito Federal?

Deputada: Sim! Como parlamentar, trabalho por todo o Distrito Federal, mas a maioria dos meus votos veio da grande Águas Claras, que também compreende Arniqueira, Areal e ADE. Destinei 14 milhões emendas para a região, estamos num processo avançado de regularização de Arniqueira e num processo de transformação do Areal. O governo não tem recursos, em virtude da crise, portanto, o que tem sido realizado na cidade conta com as minhas emendas parlamentares.E em 2017 o trabalho continua.

 

 

8 – Percebemos que a demanda dos serviços prestados, por meio da Administração de Águas Claras, em 80% das vezes a Deputada está à frente das realizações. É justo dizer que se a senhora não fosse Deputada, essas obras e serviços não teriam sido realizados ou teriam demorado mais?

Deputada: Como já falei, devido a falta de recursos, creio que pouquíssima coisa teria saído do papel. Não há dinheiro no caixa do Executivo. Além de mandar o recurso, eu batalho por sua execução, bato de porta em porta de cada secretaria e empresa pública até a realização da obra e ainda saio como fiscal vistoriando se o trabalho está sendo bem feito. Quem mora na grande Águas Claras sabe como trabalho, continuo a mesma Telma e brigo por uma cidade melhor.

 

9 – Dê uma dica para os frequentadores de Águas Claras de um bom passeio para lazer na cidade:

Deputada: O Parque de Águas Claras é um espaço muito importante para a comunidade. Vale a pena conhecer. E, em breve, também vamos tirar do papel o Parque Central, com infraestrutura e muitas opções de lazer. Mas esse ainda demora um pouco mais. Outra opção é conhecer a gastronomia da cidade, uma das melhores da capital do país.

 

 

10 – Um recado para os moradores e frequentadores de Águas Claras:

Deputada: Trabalho em Águas Claras desde 1996, quando ajudei a criar a subadministração da cidade. Conheço cada local dessa cidade, cada problema de Arniqueira, do Areal e da ADE e trabalho pela solução de cada um. Estejam certos que vou continuar trabalhando para garantir uma qualidade de vida melhor para nossos filhos, famílias e também para os nossos amigos, quando vierem nos visitar. Para os moradores do Setor Habitacional Arniqueira, o recado é de vitória. Nossa regularização está muito próxima. E para todos, desejo um 2017 abençoado e de muita saúde, fé em Deus e grandes conquistas.




| Mais
Comentários
EMMANUEL FRANCISCO JUNIOR diz:
20/03/2017
http://brasiliaagora.com.br/2017/03/18/corrupcao-no-brasil-e-generalizada-diz-ministro/ “ENTENDA COMO FUNCIONA A DETERMINAÇÃO O PENSAMENTO POSITIVO” O apostolo Paulo soube que um membro da congregação em Coríntios, certo homem estava fazendo sexo com a mulher do seu pai, mesmo ausente determinou que o tal homem fosse entregue a satanás para destruição do corpo da carne. (I CORÍNTIOS 5/1 A 5) São pelos seus pensamentos, por aquilo que você crê, acredita e tem como verdade que são dirigidos os seus passos a sua vida. “MUDE O RUMO DA SUA VIDA” A DETERMINAÇÃO O PENSAMENTO POSITIVO tem mudado a vida de milhões de pessoas em todo o mundo. “APRENDA A DETERMINAÇÃO O PENSAMENTO POSITIVO” A HORA É AGORA! Clike neste link que o livro se abrirá para você http://www.saraiva.com.br/determinacao-o-pensamento-positivo-6985578.html?mi=VITRINECHAORDIC_ultimatebuy_product_6985578
EMMANUEL FRANCISCO JUNIOR diz:
15/06/2017
https://www.facebook.com/UnafiscoNacional/videos/772903912878258/ “AMIGOS” “EM VERDADE EU LHE DIGO: A SUA VIDA SÓ MUDARÁ QUANDO VOCÊ QUISER MUDAR” 15 milhões de desempregados. 7 milhões de trabalhadores vivendo de bicos e quando aparece. Denuncias de propinas em todas as áreas governamental. Contratos superfaturados. Reformas que só lhes vão tirar os direitos adquiridos. Manipulação de informações. Só lhes resta uma coisa a fazer. Aprenda a determinar que a sua vida mude de rumo. Clike neste link abaixo que o livro digital se abrirá para você. http://www.saraiva.com.br/determinacao-o-pensamento-positivo-6985578.html?mi=VITRINECHAORDIC_ultimatebuy_product_6985578
Comente
Nome:

Email:
não será publicado
Comentário:

Chave:
Enquete
 
Você é a favor de Barreiras Eletrônicas ao longo da Avenida Araucárias?




Votar    Ver resultados
 
Jornal de Águas Claras
© Todos Direitos Reservados