16/11/2013 - Editorial
Editorial



  

   O Jornal de Águas Claras.com.br apresenta, aqui, manifesto e repúdio em relação à Administração de Águas Claras, diante de fatos que estão sendo apresentados, como pagamento de propina em troca de alvarás para licenças de construções nas administrações de Águas Claras, Taguatinga e Ceilândia.

 A prisão temporária dos administradores mostra que estamos à mercê de pessoas desqualificadas para administrar uma cidade. Pessoas de caráteres duvidosos, que são tão despreparadas para o cargo que ocupam que nem se dão conta da temeridade que cometem. Liberam alvarás de licença ambiental, onde não se deve. Aceitam obras e mais obras, sem respeito ao projeto urbanístico. NÃO OBSERVAM A DISTÂNCIA MÍNIMA ENTRE OS PRÉDIOS. Para eles, o que vale é o dinheiro em benefício próprio. Por isso, “TOME OBRAS!” O que acontece em Águas Claras é tão escancarado, que basta olhar pelas nossas janelas para quase entrarmos nas casas dos vizinhos. Tente estacionar o carro fora da garagem do prédio e veja a distância da portaria!... Outro fator relevante é o trânsito insuportável na hora do “rush”, durante a semana, dentro de Águas Claras.

  Águas Claras deveria ser a melhor cidade do Distrito Federal. Nova e moderna, com prédios suntuosos e comércio diversificado. Porém, não é o que vemos. A cultura pela ganância e corrupção é maior que qualquer projeto comunitário e de bem comum.

  As eleições estão chegando. Estou descrente com a política de nosso País, tanto em Brasília quanto em Águas Claras. Espero que as manifestações recentes seja um reflexo de mudança para melhor...

Vitor Bueno de Oliveira – Diretor do Jornal de Águas Claras.com.br




| Mais
Comentários
Comente
Nome:

Email:
não será publicado
Comentário:

Chave:
Enquete
 
Você é a favor de Barreiras Eletrônicas ao longo da Avenida Araucárias?




Votar    Ver resultados
 
Jornal de Águas Claras
© Todos Direitos Reservados